top of page

Estratégia e Tecnologia no Mercado da Moda



A moda com a tecnologia, a criatividade e o mercado internacional, tem sido um desafio na era da Pandemia do COVID-19, porém, tempos de mudança tem seus ricos, no entanto, elas abrem muitas oportunidades. É importante que as empresa façam um planejamento estratégico, se aliem a tendências, reflitam sobre o novo cenário de consumo e se preparem para prosperar muito no pós pandemia.


O trabalho colaborativo, que dê vasão a criatividade, com protagonismo das vendas e serviços online, e um massivo investimento em tecnologias que viabilizem operações mais enxutas e eficientes, bem como investimento em diversidade, inclusão e pautas socioambientais. Trarão um novo patamar e uma nova visão de moda e rentabilidade.


Os produtos fornecidos terão de ter uma conexão emocional com o cliente, bem como o atendimento não poderá ser mecanizado, partindo para um atendimento mais personalizado e humanizado. Existem empresas que prestam consultoria de moda e personalizam os produtos para as novas mulheres de poder e executivas. Confeccionando e indicando com a tecnologia os looks ideais para cada evento e que essa coleção, ou, look empodere a mulher executiva no seu dia a dia.

Há também designers que criaram um estilo denominado “loungewear” , voltado as pessoas que trabalham home office e precisam de roupas elegantes, porém, confortáveis.

Reestruturar seu negócio não fará só bem para empresa e o empreendedor, também será benéfico para o cliente e causará um impacto positivo na sociedade e no meio ambiente.


As empresas que já aderiram a essa transformação por meio de consultoria e mentoria, tem aplicado em suas empresas de confecção de roupas o modelo DIY, tecnologias como plataformas, impressoras 3D, aplicativos e pesquisas profundas e empáticas com o consumidor.

A soluções digitais como conectar fabricantes de tecido e moda a lojistas na modalidade B2B, empresas que conectam um grupo formado por designers para criação, brainstorm e confecção de coleções para empresas de moda.

Será uma tendência as avaliações mais diferenciadas do ROI da loja com base em uma combinação de lentes digitais e físicas. O uso das mídias sociais vai oferecer aos clientes conteúdo exclusivo e experiências personalizadas.


Os países com o maior aumento no consumo de produtos de moda são Estados Unidos, Reino Unido, Hong-Kong, China, Alemanha, França, Angola, Quênia , Nigéria, Portugal, Espanha e Rússia.


Conforme a Mckinsey (2021), os mais bem-sucedidos tomadores de decisão são aqueles que controlam as tendências que moldam o cenário da moda. Isso significa focar em uma perspectiva omnicanal, é claro, mas também enfatizar a importância da sustentabilidade ao longo da cadeia de valor.


Lembrando que nessa cadeia de valor os consumidores são os investidores, e recompensarão as empresas que tratam seus trabalhadores e o meio ambiente com respeito, e os relacionamentos mais profundos que surgirem trarão benefícios em agilidade e responsabilidade.


Referencia

https://www.mckinsey.com/industries/retail/our-insights/state-of-fashion#

23 views0 comments

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page